Category name:Histórias fabulosas

O rapaz e os motoqueiros

Março 9, 2014 / Sem Comentários

Era uma vez um rapaz   que  andava a tirar um curso de mecânica para ser um mecânico de motas ele tirou   o curso e fez uma oficina de motas.O rapaz não era muito musculado e tinha  22 anos.Um dia apareceu lhe um problema. Naquele lugar avia muitos motoqueiros e a oficina dele estava pegada a um homem motoqueiro houve um dia em! Que ele tirou uma mota para a rua para o cliente a vir buscar, derepente ele viu os motoqueiros a irem em direção à mota a pegarem nela a se irem embora.No dia seguinte, viu um motoqueiro a passar na rua e perguntou:     

-Olha, diz ao teu amigo motoqueiro que vamos fazer uma corrida de mota.O quem ganhar fica com a mota e quem perder vai se embora desta aldeia amanhã à noite às 20:00

-Ok

O rapaz ficou a treinar muito para ganhar a corrida e a mota  que os motoqueiros roubaram. Chegou o dia de fazer a corrida e o rapaz tinha estado a treinar dias e noites. Esteve ao todo 22 horas a treinar.O quando fez a corrida ele ultrapassou o motoqueiro nas tintas mas aquele  no final começou a acelerar tanto que o rapaz tremia mas este ganhou a corrida e então os motoqueiros devolveram lhe a mota.E eles iam-se embora, mas o rapaz disse assim:

Não se vão embora!

-Porquê? O desafio era assim, quem perdesse ia se embora – responderam os motoqueiros.

-Pois, mas eu quero que fiquem aqui para nós fazerem as corridas.-propôs o rapaz.

-OK!-aceitaram os motoqueiros.

E os motoqueiros ficaram na aldeia nunca mais robaram roubarão  motas

Moral da história: O mais fraco vence o mais forte.

O António que derrota o Gerson

Fevereiro 26, 2014 / 1 Comentário

O António e o Gerson a lutar

Era uma vez um menino da aldeia que era muito fraquinho.

Uma vez por ano, a aldeia organiz

ava um torneio de luta.

E o menino fraquinho chamava-se António e inscreveu-se nesse torneio.

No primeiro dia, até que se safou, porque conseguiu ir já para a final.

Ele viu quem era o seu adversário. Ficou muito assustado porque era o terrível Gerson.

O Gerson disse ao