Luan Santana – Amar não é pecado

By Rafaela Paulo
Março 25, 2014
0

Eu escolhi esta música porque um rapaz brasileiro diz o que sente por uma rapariga,  também diz que amar é uma coisa normalíssima. Porque cada um segue o seu coração, nós temos o direito de seguir o nosso amor.

Cada qual ama a pessoa que quiser e ninguém tem nada a ver com isso. Só com o pensamento dele, inventa-se esta música para dizer às pessoas que toda a gente tem o direito de amar quem quiser.

Esta música também  diz que nós não devemos guardar nada dentro de nós porque  depois sentimo-nos muito presos e ficamos  tristes durante algum tempo.

Irá haver um certo momento em que não aguentamos mais a nossa paixão e o nosso coração arrebenta de tanto amor que acumulamos durante tanto tempo sem dizer uma palavra a ninguém.

Ele diz que as pessoas têm de ter força para viver e que é a melhor coisa que podia acontecer na vida é amarmos quem amamos.

Que não podemos ligar ao que nos dizem e ligarmos ao que mais gostamos que é a pessoa que amamos.

Não interessa o que toda a gente diz, pensa, imagina ou ainda pior murmura.

Cada qual só pode ligar as suas palavras ou aos seus pensamentos.

Porque só interessa aquilo que nós queremos, nós só ouvimos se quisermos, ninguém tem de criticar-nos.

Nós temos que ignorar as palavras que os outros dizem só para nós provocar como muita gente hoje em dia faz.

Todas as pessoas que nós provocam as vezes querem o nosso mal, mas há outras que querem o nosso bem.

Não podemos mostrar que ficamos afetados pelo contrário temos é que mostrar que não nós importamos com o que dizem temos que ignorá-los para não verem que estamos sentidos.

Muitas vezes até o amor nos prega partidas, pode doer muito estarmos chateados com o nosso amor.

A minha frase favorita é quando o Luan Santana diz que não está a ligar para o que lhe dizem mas sim para o que ele pensa e que sente.

Comments: 0

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>