Um jogo de badminton

/
Fevereiro 19, 2014
/

No dia 14 de Janeiro de 2014, eu e os meus amigos fomos ao torneio de badminton.

Fomos de manhãzinha para lá. Tivemos de levar almoço e lanches.

Jogámos até ficarmos cansados, mas eu vou contar-vos um jogo  que fiz contra  o Thomas e que foi empolgante.

Eu lancei o volante para a esquerda, mas ele, mesmo assim, conseguiu apanhá-lo mas depois eu fiz um puxanço e foi assim que consegui ganhar ao Thomas.

Houve um outro jogo fiz contra um rapaz de que não me lembro. Ele jogava muito bem. Contra ele foi muito difícil. Foi assim: ele lançou para a esquerda e eu apanhei-o, mas depois ele atirou para baixo e eu não tive hipótese.

A grande luta de karaté

/
Fevereiro 19, 2014
/

Certo dia, um menino chamado Rolando disse à mãe que gostava de ir a um treino de karaté. Foi nas calmas. Quando apareceu um gangue de otários que queriam dinheiro e ele disse que não tinha nada. Então,  eles levaram-no para uma casa muito assustadora.

- Eu não tenho nada!! – disse ele chorando.

- Não acredito em ti. Mas vou deixar-te ir. – disse o ladrão tossicando.

Chegando ao treino, o senhor disse que ele não sabia lutar.

- Então por que é que vim aqui se você não me quer ensinar?

-Por que quiseste !!

E então nunca mais lutou.

O Torneio de badminton

/
Fevereiro 19, 2014
/

Numa quarta-feira, dia 28 de janeiro de 2014, houve um torneio de badminton nas Gaeiras.

Partimos da escola E.B.I Santo Onofre 1,2,3 as 8:45h e chegámos às Gaeiras por volta das 9:15h.

O portão não estava aberto. Entao, nós tivemos de pôr a mão dentro do portão para chegar à campainha e, quando entrámos no pavilhão, estavam na bancada muitas raparigas bonitas com calções muito curtos.

Depois, fomos para o balneários para nos equiparmos, para depois treinarmos. Eu fiquei com o Santiago a treinar. Foi muito divertido porque nós estávamos a brincar e a olhar para as raparigas. Eram muito bonitas, mas o problema é que nós tínhamos namoradas.

Então, nós começámos a jogar a sério. Então, começou o torneio. Joguei com muitos miúdos. Ganhei muitos jogos. Por isso, fiquei em segundo lugar.

Foi muito bom, tive uma grande sensação, foi brutal.

Depois, regressámos às caldas. Foi um dia para nunca esquecer. O desporto é uma coisa fantástica. Adoro o desporto.

Frederico Pereira

Uma historia em que o mais fraco vence o mais forte

/
Fevereiro 19, 2014
/

Este texto é sobre o mais fraco vence o mais forte.

O dia de anos de um menino, que era o mais fraco, foi passado na escola.

O mais fraco era vitima de bullying. Nesse dia, depois das aulas,  foi dar uma volta pela escola sozinho. Chegou, então, o mais forte que estava também a dar voltas e começou a chamar-lhe nomes muito feios. O mais fraco começou a chorar. O mais forte e os colegas dele começaram  a rir-se dele . O rapaz mais fraco começou a correr, mas os outros começaram a bater-lhe . O mais fraco virou-se e começou a bater a todos e depois disse:
- Quem ri por último, ri melhor.
Depois , a mãe dele foi buscá-lo à escola e ele começou a contar tudo e a mãe dele disse:
- Estou muito feliz contigo. Parabéns!
Chegou a casa e estava lá uma festa para ele, estava lá toda a gente de que ele gostava.
Depois, foi sair e disse: “Já não sou vítima de bulliyng. Ainda bem “.
A namorada dele disse :
- Eu gosto de ti como tu és .
- Eu também gosto de ti como tu és.

E assim foi a historia em que o mais fraco vence o mais forte.

Corta-Mato

/
Fevereiro 19, 2014
/

Eu, um dia, fui de autocarro com muitos amigos a Torres Vedras correr no corta- mato distrital.

Havia muitas crianças acompanhadas com professores. Lanchei e, depois, esperei que fosse a minha vez de correr e assim foi. Foi para a linha de partida e ouvi o tiro de partida.

No fim, fiquei em 20º lugar. Esperei que acabassem os escalões para ir embora e fui.

No autocarro, joguei tablet com amigos  e depois cheguei à escola para ir a casa contar aos meus pais que fiquei em 20º.

Foi a atividade mais fixe deste ano letivo.

Adeus

Rafael Pinheiro

 

Ida ao teatro – 4/2/2014

/
Fevereiro 4, 2014
/

Ida ao teatro a 4/2/2014

A palavra passe é ******** (pede-a por sms para 919322132 ou por email para luis.ramos@aerp.pt e identifica-te)

Trabalhos

/
Janeiro 25, 2014
/

Amor perfeito

/
Maio 22, 2013
/
A flor chamada amor-perfeito
É uma flor que dá que pensar.
Dá sorte, é bonita
E ajuda a amar

O jacinto é elegante
E é uma flor
O seu significado
É de tristeza e dor.

Estava a andar
E encontrei a íris amarela
Que me deu uma mensagem
na pétala amarela.

Cláudia Conceição, 5º C

Rosa, rosinha

/
Maio 21, 2013
/

Bonita, bonitinha
Onde eu encontro a beleza
Com toda a certeza.
Nunca deixei de te amar
E o meu sonho sempre foi
Contigo andar pelos nenúfares
E tu és o meu grande amor-perfeito
Perco-me no jardim
À tua procura sem fim
E vejo uma dália amarela
E até ela me diz
Que tu és a mais bela
Isto é como tu,
Minha rosa vermelha,
Meu amor por ti
É lindo como o belo cheiro do alecrim
Agora, fico triste
Por ter de me despedir de ti
Adeus, meu amor eterno,
Que esta história chegou ao fim.

Iara, 5ºC

Flores

/
Maio 21, 2013
/

As flores são lindas
E têm uma certa inocência
Há vários tipos de flores
Rosa, lírio e hortênsia

Cravo, malmequer, petúnia,
Miosótis, jasmin, amor-perfeito,
Tulipa, lótus e mimosa
São todas lindas e de jeito.

Violeta, narciso, saudade
Acácia, dente de leão
Alecrim, alfazema, camélia
São todas colhidas com a mão.

Copo de leite, dália,
Gladíolo, coroa imperial
Giesta, girassol, Iris
Espero que não me façam mal.

Açucena, cardo, fucsia
Bonina, flor de liz,
Goivo, aro, cato
For do campo, amarilis
Ciclame, cardo, clematite
Glicínia, dormideira, gerbera
Bogarem, begónia, açafrão
Crisantemo, brinco de primavera.

Ana Isabel, nº1, 5ºC